Sublanço da A13 entre Penela e Condeixa abriu hoje

O sublanço da A13 entre Penela e Condeixa, numa extensão de 23 quilómetros, abriu na madrugada de hoje ao trânsito, constatou a Lusa no local.

A construção da A13, que resulta da conversão do novo IC3, no âmbito da subconcessão do Pinhal Interior, vai ligar Tomar a Coimbra, estando a conclusão total da empreitada prevista para o primeiro trimestre de 2013.

A subconcessão do Pinhal Interior tem uma extensão de cerca de 567 quilómetros (118 dos quais com portagem), incluindo dois eixos principais - A13 e IC8 -, servindo municípios dos distritos de Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Santarém.

Atribuída no início de 2010 ao consórcio Ascendi Pinhal Interior - Estradas do Pinhal Interior, S.A., por 1.250 milhões de euros, a subconcessão sofreu uma amputação em agosto, no âmbito de um acordo entre o Governo e o consórcio, que permitiu poupar ao estado 485 milhões de euros.

O traçado inicial que previa a ligação ao IC2 e ao IP3, em Coimbra-Norte, foi encurtado para a zona de Ceira.

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.