Rui Rio diz que demolição total é "irreversível"

O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, a terminar o seu mandato, considerou hoje que a demolição da totalidade do bairro do Aleixo é "um processo irreversível".

Questionado pelos jornalistas se seria possível ao seu sucessor parar este processo, o autarca afirmou: "Não é possível, temos que levar o projeto até ao fim".

Rui Rio admitiu que gostaria de ter demolido as cinco torres durante o seu mandato, mas "em termos temporais não foi possível".

"Tenho consciência de que quando tudo isto foi programado não havia a crise que hoje há", disse, acrescentando que "a crise que afeta nomeadamente o setor da construção fez com que o processo se tornasse muito mais lento".

O autarca firmou ainda que futuramente gostaria de ver a zona reabilitada e que "esta chaga social passe a pertencer à história da cidade".

Ler mais

Exclusivos