Lar de idosos evacuado devido a incêndio

Um lar de idosos da freguesia da Correlhã, em Ponte de Lima, foi evacuado na terça-feira devido a um incêndio, obrigando à retirada de 39 utentes, disse à Lusa fonte dos bombeiros locais.

O incêndio terá tido origem cerca das 12:00, num sofá da garagem do lar que, ao arder, provocou "muito fumo", o qual se propagou ao restante edifício, precisou a mesma fonte.

"Retirámos os 39 idosos para uma zona de concentração no exterior. Por precaução, quatro foram transportes para o hospital de Ponte de Lima, porque inspiraram algum fumo", explicaram ainda os bombeiros.

Todos os idosos, incluindo os que foram assistidos no hospital, já regressaram entretanto ao mesmo lar.

Os bombeiros de Ponte de Lima mobilizaram para estas operações sete viaturas e 16 homens, enquanto o Instituto Nacional de Emergência Médica deslocou uma viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.