Detidos dois homens por agressão a polícias

A PSP do Porto deteve hoje dois homens no bairro do Aleixo por agressão a dois agentes que ali realizavam uma "operação de policiamento de trânsito normal", disse à Lusa fonte policial.

Foi por volta das 16:00 que, no âmbito de uma "fiscalização de rotina", dois agentes da PSP consideraram necessário "fiscalizar dois indivíduos" que se encontravam no bairro portuense com "dois mini-motociclos", esclarece o oficial de dia ao Comando da PSP do Porto.

Na sequência desta operação, os dois homens "insurgiram-se e agrediram os agentes da autoridade", tendo ainda havido "resistência de familiares" dos agressores à detenção.

Foi necessário chamar um reforço policial, o que não impediu que tanto os dois detidos como os dois polícias tenham sofrido "ferimentos ligeiros", acrescentou a mesma fonte.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.