Câmara oferece telemóveis a jovens e idosos

A câmara da Póvoa de Lanhoso decidiu oferecer mais de 100 telemóveis a jovens e idosos para permitir "ligações a qualquer hora" entre uns e outros e estreitar relações de amizade e solidariedade intergeracionais, informou hoje fonte municipal.

A vereadora da Ação Social, Fátima Moreira, explicou à Lusa que aquela iniciativa se integra num projeto que poderá culminar com a classificação, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de Póvoa de Lanhoso como um concelho "amigo dos idosos".

A oferta dos telemóveis decorrerá hoje e sexta-feira, no âmbito do encontro "Afetos em ligação", e contemplará 33 jovens voluntários e 66 idosos.

"Cada jovem assume-se como tutor de dois idosos e os telemóveis são para facilitar ligações a qualquer hora entre uns e outros, seja para combinar alguma iniciativa, seja para resolver algum problema, seja apenas para deixar um 'boa noite' ou uma palavra amiga", explicou a autarca.

Esta iniciativa integra-se no projeto "Vencer o Tempo nas 7 Cidades", que engloba sete municípios portugueses e que tem como objetivo último a obtenção do título "Cidades Amigas dos Idosos", atribuído pela OMS.

Além de Póvoa de Lanhoso, os outros municípios são Alfandega da Fé, Angra do Heroísmo, Maia, Portimão, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real de Santo António.

Em Póvoa de Lanhoso, o projeto envolve várias outras iniciativas, como um concurso de danças de salão intergeracional, em que um jovem faz par com um adulto, ou aulas de informática, com os mais novos a ensinarem aos mais velhos a criar páginas no Facebook ou a comunicar pelo Messenger.

Atualmente, e segundo Fátima Moreira, Nova Iorque é a única cidade do mundo classificada como "amiga dos idosos", mas há outras 35, de 22 países, que tentam conquistar igual galardão.

Além da parte imaterial, as cidades têm de investir na parte física, adaptando-se às questões do envelhecimento, como mobilidade e serviços.

"Neste momento, estamos a fazer o levantamento de todos requisitos exigidos pela OMS, para depois metermos mãos à obra", disse ainda a vereadora da Póvoa de Lanhoso.

Ler mais

Exclusivos