Fugiram para viver juntas e estavam a pedir esmola

Duas crianças, de 13 e 14 anos, residentes no Porto, foram encontradas pela Polícia de Vigo, na Galiza, a pedir dinheiro na rua, depois de terem fugido de casa para "viver juntas".

O relato foi feito hoje por fonte da polícia local de Vigo, dando conta que o alerta para a situação foi recebido na quinta-feira por uma mulher a quem, pela hora do almoço, a menor se dirigiu a pedir cinco euros para comprar comida porque tinha fome.

A criança explicou que não tinha dinheiro, após fugir de casa, o que levou a mulher a participar a situação dos dois à polícia local. Confessaram então ter partido do Porto num comboio, na quarta-feira, sem o consentimento dos pais, mas porque queriam "viver juntos".

"Mas confessaram que estavam arrependidos e que queriam voltar a casa", explicou fonte da polícia de Vigo, acrescentando que os menores não possuíam qualquer identificação e estavam assim a 150 quilómetros de casa.

As autoridades locais conseguiram chegar rapidamente à família das duas crianças porque estas já tinham apresentado, no Porto, uma participação pelo desaparecimento dos menores, que ficaram à guarda da Assistência Social e Familiar da Galiza e entretanto já foram recolhidas pelos pais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG