Cortejo da Queima das Fitas com misto de luto e alegria

O tradicional cortejo da Queima das Fitas do Porto ficou ontem marcado pela memória de Marlon Correia, o jovem estudante que sábado morreu baleado numa tentativa de assalto, mas não faltou a habitual jovialidade e alegria dos estudantes universitários, como as imagens no vídeo nesta página bem demonstram.

Na tribuna no fim do desfile, na Avenida dos Aliados, estava afixada uma tarja da Federação Académica do Porto onde se podia ler: "Exigimos justiça para o Marlon Correia. Queremos viver num Portugal seguro".

Muitos foram os estudantes que prestaram homenagem ao colega, com um momento de silêncio perante a tribuna.

Também o ambiente vivido junto ao carro da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, onde era finalista Marlon Correia, destoava dos restantes, com a Lusa a descrever que em todos, desde os caloiros aos finalistas, notava-se um semblante carregado e um silêncio pouco normal.

Mas também houve muita festa, com os jovens a celebrarem bem à sua maneira. Nem a chuva, que a dada altura se fez sentir, desanimou aqueles que tudo fizeram para aproveitar cada emoção deste dia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG