Cinco penas de prisão efetiva no processo "Guns N' Roses"

O tribunal de Gaia aplicou hoje cinco penas de prisão efetiva, 15 de prisão suspensas na sua execução e quatro de multa, no âmbito do processo "Guns N' Roses", relacionado com tráfico de armas.

Outros 18 arguidos, de um total de 42, foram absolvidos.

A maior pena, de oito anos e meio de prisão, foi aplicada ao vigilante dado como líder do grupo de traficantes de armas, Rui Ferreira ("Cuca"), que foi condenado por exercício ilícito da atividade de segurança privada, detenção de arma proibida, crime de tráfico e mediação de armas e falsificação de documentos.

Na leitura do acórdão, a 2.ª Vara Mista de Gaia deu como provado praticamente todos os factos que constam da acusação contra Rui Ferreira, considerando que o arguido fazia do tráfico de armas o seu modo de vida e já tinha como antecedente o crime de extorsão. Sublinhou ainda que vários crimes foram cometidos no período de suspensão de outra pena.

A segunda pena mais pesada recaiu em Rui Lamares, um feirante, com seis anos de prisão efetiva. Rui Lamares é um dos condenados que vai recorrer do acórdão, conforme anunciou o seu advogado.

Um dos arguidos do processo era o agente da PSP Dinis Vieira, que foi condenado a multa de mil euros. Trata-se de um polícia que tem pendente um recurso da sua condenação, em 06 de dezembro, no tribunal de Matosinhos, a três anos e meio de prisão efetiva, por extorsão.

No processo "Guns N' Roses" estão em causa crimes de tráfico/mediação e detenção ilegal de armas que, segundo o Ministério Público, se consumaram pelo menos entre agosto de 2009 e 04 de maio de 2010, altura em que a Polícia Judiciária avançou para buscas e detenções. Pelo menos algumas das armas terão ido parar às mãos de assaltantes e pessoas envolvidas em cobranças coercivas.

O julgamento, a cargo da 2.ª Vara Mista do tribunal de Gaia, decorreu desde 14 de novembro na sala da Assembleia Municipal, sempre sob fortes medidas de segurança, mas hoje especialmente reforçadas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG