Bispos sublinham papel da família na crise

Os bispos da Igreja Católica reúnem-se a partir de segunda-feira em Fátima, num encontro marcado pela aprovação de uma carta pastoral que sublinha o papel da família na austeridade, dois anos após o pedido de resgate.

A carta, "Dar força à família em tempos de crise", irá ser apreciada naquela que é a primeira Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) de 2013 após a eleição do Papa Francisco, num momento em que se assinalam dois anos desde o pedido de ajuda financeira feito por Portugal.

Os bispos que integram o Conselho Permanente da CEP já haviam revelado em março preocupação com os anunciados cortes nas funções sociais do Estado, lembrando tanto o papel fundamental das famílias e das instituições na prevenção de uma convulsão social.

Para além da carta pastoral, nos cinco dias da reunião há a destacar na segunda-feira, no primeiro dia, o discurso de abertura do presidente da CEP, o cardeal patriarca José Policarpo.

Durante a Assembleia Plenária serão partilhadas informações sobre as atividades das Comissões Episcopais e apreciada ainda uma nota pastoral intitulada de "Promover a renovação da Pastoral da Igreja em Portugal".

O último ponto da ordem de trabalhos é dedicado às Jornadas Pastorais do Episcopado, marcado para Fátima, de 17 a 19 de junho, e que vão centrar-se sobre "a organização da sociedade à luz da doutrina social".

O comunicado final da Assembleia Plenária será lido durante uma conferência de imprensa marcada para o início da tarde de quinta-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG