A27 e A28 também vão ter portagens mas mais tarde

O troço norte da A28 e a A27 "vão ter portagens" mas o início da cobrança não acontecerá em simultâneo com as restantes SCUT, informou hoje à Agência Lusa fonte da Estradas de Portugal (EP).

Em causa estão duas vias, num total de 51 quilómetros, que integram a concessão Norte Litoral, onde a ligação entre Viana do Castelo e Porto (A28), já portajada desde 15 de Outubro de 2010.

"A A27 e a A28, até Caminha, também vão ter portagens, mas a cobrança não terá inicio ao mesmo tempo que as restantes SCUT", explicou a fonte da EP, sem adiantar datas para o inicio da cobrança e justificando a decisão com "questões logísticas", dado que ainda não se encontra instalado qualquer pórtico.

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, anunciou que a cobrança de portagens nas restantes SCUT, além das três do norte, passará a ser feita até final do mês de Outubro.

Os 25 quilómetros da A27 integram a concessão do Litoral Norte e ligam Viana do Castelo a Ponte de Lima.

Para esta autoestrada, o governo socialista chegou a admitir a colocação de três pórticos de cobrança virtual, enquanto que para o troço norte da A28 estavam previstos dois pórticos.

O então secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, justificou o alargamento da cobrança à A27 e à A28, no troço entre Viana do Castelo e Caminha, devido à "exigência" de universalidade pedida pelo PSD.

Os trabalhos preparatórios de instalação avançaram em Março, mas acabaram por ser interrompidos.

Apenas foi implementada uma área de cobrança, mas ainda sem pórtico, porque o Governo PS decidiria, semanas depois, não ter legitimidade para definir os valores a cobrar, por estar em gestão.

As obras para a colocação de pórticos não voltaram a ser retomadas.

A concessão Norte Litoral, gerida pela EuroScut, integra cerca de 65 quilómetros da A28 entre Viana do Castelo e Porto, que já são pagos, através de quatro pórticos.

A este via somam-se 26 quilómetros da A28 entre Viana e Caminha e a A27, ambas ainda isentas de portagens e sem qualquer pórtico instalado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG