Não houve vencedor no Euromilhões

Nenhum apostador acertou na chave completa do Euromilhões, pelo que o valor do "jackpot" a concurso, 190 milhões de euros, mantém-se para sexta-feira, foi anunciado.

Em causa está o maior "jackpot" de sempre, permitido pelo regulamento do jogo em vigor desde fevereiro.

Caso na sexta-feira não volte a haver totalistas, o montante total do primeiro prémio acresce ao do segundo ou ao da categoria imediatamente inferior em que se verifique pelo menos uma aposta premiada.

Ainda segundo o regulamento do jogo, sempre que o montante apurado para o primeiro prémio ultrapasse os 190 milhões de euros, o remanescente, face ao limite máximo fixado, acresce ao valor do segundo prémio.

Foi o que sucedeu ontem, com o segundo prémio, de 2.318.241,12 euros, a sair a sete jogadores, mas todos fora de Portugal, informou o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, ao divulgar os resultados do escrutínio.

O terceiro prémio, de 54.277,37 euros, foi atribuído a 21 apostadores, dois dos quais com boletim entregue em Portugal.

No sorteio de hoje foram registadas em Portugal apostas no montante total de 21.533.140,00 euros, de acordo com dados do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

A chave completa do sorteio de é composta pelos números 20 - 27 - 34 - 46 - 50 e pelas estrelas 02 - 03.

O Euromilhões joga-se, desde 2004, em mais oito países europeus, além de Portugal, onde a entidade responsável pelo jogo é a Misericórdia de Lisboa. Os sorteios realizam-se à terça e à sexta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG