Mulher detida em manif contra a 'troika' em Lisboa

O vídeo com as imagens da detenção de Fernanda P. está a circular em todas as redes sociais. A mulher foi esta terça-feira agredida pela polícia na sequência dos protestos no hotel Ritz, onde se encontram hospedados os negociadores da troika.

O protesto organizado pelo movimento "Que se Lixe a Troika", junto ao hotel Ritz em Lisboa, onde está hospedada a equipa de assistência financeira internacional a Portugal, resultou na detenção de uma das manifestantes.

João Camargo, do movimento cívico, disse à Lusa que a mulher foi detida por causa de um desentendimento com a polícia. Os vídeos com as imagens da intervenção policial sob Fernanda P. estão a circular ferozmente pela internet.

veja aqui o vídeo da detenção:

O protesto começou a desmobilizar-se cerca das 20.30, duas horas depois de ter sido iniciado.

"Decidimos desmobilizar porque vimos que a polícia já estava equipada para outras ações. O nosso incómodo não é com a polícia, é com a 'troika'", afirmou João Camargo,

Cerca das 20.45, permaneciam no local cerca de duas dezenas de manifestantes e outros tantos agentes policiais, que fizeram um cordão para impedir a entrada no hotel.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG