Motorista português desaparecido em França "está bem de saúde"

Tiago Coelho, 31 anos, tinha desaparecido na madrugada de segunda-feira na área de serviço de Fenioux, 130 quilómetros a norte da cidade francesa de Bordéus. Afinal não passou de um susto com algum mistério à mistura

Tiago Coelho, motorista português que, na madrugada de segunda-feira, desapareceu na área de serviço de Fenioux está bem de saúde.

Ao JN, Sara Carneiro, cunhada de Tiago Coelho, garantiu que "a família foi informada ao fim da tarde" desta terça-feira que o motorista de profissão "foi encontrado perto do local onde foi visto pela última vez". Segundo Sara Carneiro, Tiago Coelho "aparentemente está bem de saúde, mas não se recorda de nada do que lhe aconteceu durante o período em que esteve desaparecido", disse.

Tiago Coelho, ainda segundo o JN, vai ficar sob observação até quarta-feira numa unidade hospitalar. Depois disso, e se tudo correr bem, vai regressar a Portugal.

O transmontano de Vila Real parou às 2.17 de segunda-feira na área de serviço de Fenioux. Esteve incontactável mas os seus pertences não foram removidos do camião que conduzia. Só depois disso as autoridades francesas foram alertadas pela empresa de transportes para a qual Tiago Coelho trabalha. Afinal tudo acabou em bem apesar de haver ainda coisas a explicar, nomeadamente onde esteve o motorista,

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG