Ministro quer reunir-se com sindicatos já hoje

O ministro da Educação disse ontem à noite que está disponível para reunir-se com os sindicatos já hoje, de forma a encontrar uma solução para evitar a greve aos exames de segunda-feira.

Em entrevista à RTP, Nuno Crato avançou que já recebeu os pedidos de negociação suplementar de várias organizações sindicais e quer reunir-se com estas o mais cedo possível.

Em causa está a discussão sobre a mobilidade especial e o aumento do horário de trabalho para as 40 horas semanais, questões que abrangem toda a função pública, lembrou.

Deste acordo depende a realização da greve de segunda-feira, dia do exame de Português do 12.º ano, com mais de 74 mil alunos inscritos.

Também os sindicatos manifestaram ontem à tarde disponibilidade para voltar à mesa de negociações com o ministro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG