Ministro anuncia mais dois mil efectivos na GNR e PSP

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, disse hoje que, apesar da actual conjuntura de crise, o Governo vai continuar a apostar no reforço das forças de segurança, recrutando dois mil efectivos para a GNR e PSP.

"Estamos a desenvolver cursos para o recrutamento de mil militares para a GNR e mil agentes para a PSP a nível regional, que nos permitirão manter os elevados níveis de segurança, prevenção e repressão da criminalidade que existem no nosso País", disse Rui Pereira.

O governante falava durante a cerimónia de inauguração do novo posto da GNR em Arouca, que custou cerca de 1,7 milhões de euros. "Trata de um investimento significativo, que permitiu dotar a GNR de um quartel moderno, funcional e digno", adiantou Rui Pereira.

O novo quartel da GNR hoje inaugurado começou a ser construído em Janeiro de 2009, num terreno cedido pela Câmara de Arouca em pleno centro da vila e corresponde a um anseio de décadas, já que as anteriores instalações há muito que não tinham condições condignas. Apesar de estar concluído desde Junho de 2010, o novo quartel apenas foi ocupado no passado mês de Janeiro, um atraso que ficou a dever-se a problemas relacionados com o abastecimento de electricidade ao novo edifício.

Englobando dois edifícios (um principal e um auxiliar), o equipamento ocupa uma área total de cerca de 1.450 metros quadrados e é descrito como "do mais moderno que existe". O edifício principal, com dois pisos, contemplará gabinetes de inquérito, espaços de apoio abertos à comunidade e outras áreas para o desenvolvimento de acções de segurança pública. Incluirá, ainda, outros espaços - de uso restrito - destinados aos efectivos da GNR, como zonas de apoio e convívio, manutenção física e instalações técnicas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG