Ministério apela a denúncias junto das associações

Ministério da Educação e associações de estudantes estiveram reunidos durante a tarde. No final, numa declaração sem direito a perguntas, o assessor do secretário de Estado disse que estão disponíveis para apoiar os estudantes e apelam à denúncia de práticas abusivas.

"Se não existe consenso em relação ás praxes, há consenso no repudio violento contra situações que coloquem em risco a vida" dos estudantes, afirmou o assessor do secretário de Estado do Ensino Superior.

O mesmo revelou que as instituições e as associações de estudantes estão a acompanhar a situação para prevenir abusos que possam acorrer. "Apela-se à denúncia de casos junto das associações de estudantes. O Ministério em conjunto das com as instituições e os reitores estão disponíveis para analisar as propostas das associações de estudantes e avaliar outras necessidades para evitar praxes abusivas", acrescentou.

Ricardo Morgado, presidente da Associação Académica de Coimbra revelou no final da reunião que propuseram ao ministro da Educação a criação do estatudo do estudante do ensino superior, adiantando que o ministério os sensibilizou para receberem as queixas de alunos vítimas de abusos nas praxes. Ação que, garantiu, que as associações académicas já fazem e continuarão a fazer.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG