MBA português está entre os 40 melhores do ranking do Financial Times

Lisbon MBA caiu quatro lugares em relação ao ano passado, mas continua entre os melhores

O The Lisbon MBA, das universidades Nova e Católica, é o único do ranking do Financial Times. Na lista deste ano ocupa o 40º lugar, quatro lugares abaixo da lista de 2015. Os salários dos antigos alunos nos três anos após o fim da graduação, a percentagem de estudantes que arranjam emprego nos três meses após o fim do MBA ou a percentagem de mulheres no corpo docente são alguns dos critérios que o Financial Times tem em conta para elaborar esta lista.

O The Lisbon MBA Internacional, que entrou neste ranking em 2013, resulta de uma parceria entre duas escolas de negócios portuguesas - a Nova School of Business and Economics e a Católica-Lisbon School of Business and Economics - em associação com a prestigiada MIT Sloan School of Management. Segundo os dados do Financial Times, o ordenado médio de quem fez este MBA é de 114 mil euros anuais e, em média, o salário duplica depois de obterem aquele título.

No primeiro lugar da lista está a Insead, The Business School for the World, que se divide entre França e Singapura. No ano passado ocupava o quarto lugar. A média de salário anual é se 154 mil euros e em médio o salário quase que duplica (96%) para quem obtém este titulo.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.