Marcelo "fura" protocolo pela direita e a pé

Presidente da República eleito "furou" hoje o protocolo à chegada à Assembleia da República, ao chegar a pé e pela direita ao Palácio de São Bento, em Lisboa, ao contrário do previsto.

Às 09:35, depois de mais de 500 convidados terem chegado em viaturas oficiais, pelo lado esquerdo (rua de São Bento), Marcelo Rebelo de Sousa provocou uma pequena confusão de repórteres de imagem e elementos do corpo de segurança e funcionários do parlamento e do protocolo de Estado.

O antigo líder do PSD e comentador televisivo chegou pela calçada da Estrela, em marcha rápida, com uma pequena comitiva ao encontro do Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, no patamar das escadarias principais de São Bento.

À entrada, o futuro 19.º Presidente da República portuguesa foi cumprimentado pelos vice-presidentes da Assembleia da República e deputados-secretários, seguindo para o salão Nobre, onde já o esperavam o primeiro-ministro, António Costa, que chegou às 09:31, e o rei de Espanha, Filipe VI, o convidado com maior aparato policial, pelas 09:27.

O ainda Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, chegou depois, pelas 9:45.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.