Marcelo enaltece prontidão, treino e vontade de cumprir dos Comandos

Presidente da República entregou estandarte nacional à Força Nacional Destacada que vai para a República Centro Africana

O Chefe do Estado considerou esta quarta-feira que a prontidão, o treino e a vontade de cumprir dos Comandos "são o garante" de que vão cumprir com sucesso a missão militar na República Centro Africana.

Marcelo Rebelo de Sousa intervinha no Regimento de Comandos, na cerimónia de entrega do estandarte nacional ao comandante da Força Nacional Destacada (FND) que inclui, também, militares da Força Aérea e de unidades de apoio do Exército.

A FND é composta por 160 militares, quatro dos quais da Força Aérea, cuja partida tem sido adiada e agora está prevista para o período entre o próximo dia 26 e 17 de janeiro de 2017.

Esta força vai estar na RCA ao serviço da ONU pelo período de um ano.

O Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), general Rovisco Duarte, sublinhou que a força foi certificada pelos padrões NATO e validada pelos responsáveis da ONU.

Rovisco Duarte instou ainda os militares desta FND ao serviço da ONU a atuar dentro da legalidade para "respeitar e proteger" as populações da RCA, onde vão atuar como força de reação rápida do comandante militar da operação.

Com os cursos de comandos suspensos devido à morte de dois instruendos em setembro, que determinou alterações na sua elaboração e preparação, o CEME exprimiu ainda "um voto de total confiança" no comandante do Regimento de Comandos, coronel Dores Moreira, há três anos no cargo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG