Mãe de jovem encontrado morto em Portimão levada pela PJ

O diretor da PJ de Faro, que chegou pouco depois ao local, escusou-se a prestar esclarecimentos sobre o caso

A mãe do jovem de 15 anos encontrado morto esta quarta-feira nos arredores da sua habitação, no concelho de Portimão, foi levada pela Polícia Judiciária (PJ), desconhecendo-se se estará detida, constatou a Lusa no local.

O corpo do jovem, desaparecido desde o dia 22 de fevereiro, foi encontrado no sítio do Malheiro, junto ao Hospital de Portimão, numa das principais entradas da cidade, nas imediações da casa onde vivia.

A mãe do rapaz foi levada de carro, pela polícia, às 10:15, alegadamente para as instalações da PJ de Portimão, mas o diretor da PJ de Faro, Luís Mota Carmo, que chegou pouco depois ao local, escusou-se a prestar esclarecimentos sobre o caso.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, Rodrigo Lapa vivia com a mãe, Célia Barreto, o padrasto e uma irmã bebé, em Portimão, distrito de Faro, e encontrava-se desaparecido desde segunda-feira da semana passada, depois de ter, alegadamente, apanhado o autocarro para ir para a escola, em Estômbar.

O padrasto do menor, de nacionalidade brasileira, viajou para o Brasil no dia do desaparecimento de Rodrigo, tendo o facto sido considerado suspeito pela PJ, de acordo com o diário.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG