Madeira regista menos importações e mais exportações

A Região da Madeira está a comprar menos e a vender mais, de acordo com os últimos dados da Direcção Regional de Estatísticas sobre o movimento dos portos no ano de 2011.

Os portos do Funchal e Caniçal, na ilha da Madeira, bem como o do Porto Santo, registaram um aumento em 11,6 por cento no número de contentores carregados e exportados para fora do arquipélago, com 9.296 unidades.

De acordo com os dados, foram carregadas nos portos madeirenses 177.093 toneladas de carga, mais 14,6 por cento do que em 2010.

Já a importação de bens demonstra um claro abrandamento da actividade económica, bem como no consumo dos madeirenses. Foram descarregados 26.611 contentores cheios, menos 11,2 por cento do que em 2010, o que representou 1.131.991 toneladas de carga descarregada, menos 6,6 por cento face a igual período do ano anterior.

Os operadores logísticos locais, bem como os armadores portugueses viram o mercado cair dois por cento, pois no ano passado foram movimentados 62.667 contentores, num total de 1.309.084 toneladas de carga, menos 4,2 por cento do que em 2010.

Apenas 57,2 por cento dos contentores movimentadores nos portos madeirenses tinham carga, indicador que registou uma quebra de dois pontos percentuais em relação a igual período do ano anterior.

Do total, 85,2 por cento dos contentores descarregados vinham cheios, enquanto apenas 29,5 por cento das unidades carregadas na Madeira e Porto Santo tinham carga.

Apesar da quebra generalizada dos indicadores, o número de escalas de navios comerciais (1.548) subiu 1,4 por cento, com os armadores a garantirem mais 22 escalas.

Os dados indicam também que o movimento de carga nos aeroportos da Madeira caiu 16,7 por cento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG