Madeira com níveis extremos

O arquipélago da Madeira tem hoje o índice de radiação ultravioleta em valores extremos, sendo, por isso, recomendável evitar o mais possível a exposição ao sol, alerta o Instituto de Meteorologia (IM) na sua página na Internet.

As ilhas da Madeira e Porto Santo, no arquipélago da Madeira, têm hoje níveis extremos de exposição à radiação ultravioleta, pelo que o IM recomenda a permanência em casa.

O restante território nacional -- continente e Açores -- tem hoje níveis de radiação ultravioleta com valores que variam entre o "moderado" e o "muito alto", o que leva o IM a recomendar a utilização de protetor solar e óculos de sol, e, para os níveis mais altos, que se evite a exposição das crianças ao sol.

A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível exceder os limites de segurança, de acordo com informação disponível na página na internet do IM.

O IM prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no Algarve, em especial no barlavento e uma pequena subida da temperatura máxima para o norte e centro do território continental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG