Fogo de artificio na Madeira dá boas-vindas a 2013

Milhares de pessoas assistiram hoje na cidade do Funchal ao espetáculo de fogo-de-artifício da Região Autónoma da Madeira de saudação ao ano de 2013 do calendário gregoriano.

Madeirenses e turistas posicionaram-se nos locais mais estratégicos para ver e contemplar o fogo-de-artifício que durou oito minutos e que este ano foi subordinado ao tema "Festa Madeirense".

O espetáculo policromático que encheu de luz o céu da baía da capital madeirense envolveu 19 toneladas de fogo, 38.784 disparos, oito minutos de duração e 425 homens. Custou 618.435 euros.

O maior cartaz turístico da Região Autónoma da Madeira gastou em cada minuto de espetáculo mais de duas toneladas de fogo, 4.848 disparos e 77.304 euros de custo.

O fogo foi lançado de 35 postos, incluindo os quatro que deflagraram a partir de plataformas marítimas. O espetáculo foi, pela segunda vez consecutiva, da responsabilidade do consórcio Pyrofel/HC e Filhos, empresas com sede em Marco de Canavezes e em Leiria, respetivamente.

Segundo a Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes, a taxa de ocupação hoteleira neste fim de ano na Madeira foi de 78 por cento, mais 12 pontos percentuais do que em 2011 (66 por cento).

O porto do Funchal registou a escala de oito navios de cruzeiro, que trouxeram cerca de 24 mil pessoas entre passageiros e tripulantes.

Ao final da tarde, os navios, com os apitos, colaboraram no "Madeira New Year Ships Horns Concert 2012", iniciativa musical idealizada pelo compositor Francisco Loreto que atribuiu o nome de "2012 Last Sunset Symphony".

Pela primeira vez realizada na Madeira, a iniciativa durou dez minutos e contou com a colaboração dos navios "Aida Bella", "Aida Sol", "Azura", "Boudica", "Queen Victoria", "Thomson Majesty", o 'ferry' "Lobo Marinho" e o rebocador "Comandante Passos Gouveia".

O espetáculo pirotécnico da Madeira, que assinala tradicionalmente a passagem de ano, foi reconhecido em 2006, pelo Guinness World Records, "como o maior espetáculo de fogo-de-artifício do Mundo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG