Jovem agressor de Massamá detido por três meses

Rapaz de 15 anos vai para centro de educativo. Investigação foi estendida a outros colegas, nomeadamente aquele com quem terá desenhado o croqui do massacre.

O jovem de 15 anos que ontem esfaqueou quatro pessoas, três colegas e uma funcionária na Escola Secundária Stuart de Carvalhais, em Massamá, ficará detido num centro educativo durante três meses. A investigação foi estendida a outros menores, nomeadamente ao jovem que lhe tentou vender uma arma de fogo e ao colega com quem ele terá feito o croqui do massacre.

Ao ser ouvido por um juiz do Tribunal de Família e Menores de Sintra, o rapaz mostrou-se arrependido e admitiu precisar de ajuda. Afirmou ainda que o crime não tinha sido premeditado e que o material apreendido pela polícia, o croqui com um esquema do massacre, não passava de uma brincadeira que fez com um amigo e que não pretendia executar.

Segundo declarações prestadas pelo advogado Pedro Proença à porta do tribunal, o rapaz disse tratar-se de "uma ideia que o assaltou nos últimos dias", não havendo por isso uma situação concreta a espoletar o crime.

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG