João Cravinho defende ligações claras à maçonaria

João Cravinho diz que os titulares de cargos públicos deveriam declarar ligações à maçonaria

João Cravinho defende que os titulares de cargos públicos deveriam declarar ligações à maçonaria

João Cravinho, defendeu hoje que os membros da maçonaria que exerçam cargos públicos deveriam declarar a sua filiação de forma voluntária. As declarações do ex-deputado do PS foram prestadas à saída do tribunal de Monsanto onde depôs como testemunha abonatória do ex-reitor Luís Arouca no julgamento do processo da Universidade Independente.

Para João Cravinho, que confessou pertencer à maçonaria há cerca de 15 anos, a declaração de interesses deveria ser apresentada de forma voluntária, mas disse aceitar também que essa obrigatoriedade passe a constar na lei.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras