Trabalhador morreu em silo de bagaço de azeitona

A vítima tinha 43 anos

Um homem de 43 anos morreu esta quinta-feira depois de caído num silo de bagaço de azeitona, segundo confirmou fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra ao DN.

O acidente de trabalho ocorreu numa fábrica de transformação de bagaço de azeitona, em Alcarraques, nos arredores da cidade. O trabalhador caiu num silo e "foi aspirado" juntamente com o bagaço, debaixo de mais de um metro de altura desta matéria-prima, disse uma fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra à Lusa.

O alerta para o acidente de trabalho foi dado cerca das 13:15 e a intervenção para resgate do corpo consistiu "num trabalho de braços" que demorou cerca de uma hora e meia, acrescentou.

No local, além de nove operacionais dos BSC, estiveram uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e representantes das autoridades, com um total de seis viaturas, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

com Lusa