Tecnologia que ajuda a manter a magia do Pai Natal

Manter o espírito do Pai Natal vivo pode ser muito difícil, mas felizmente a tecnologia dá uma ajuda aos pais nesta época do ano.

"Oh mãe é possível o Pai Natal não existir?". Foi desta forma que o filho de Rute Peixinho a confrontou no verão passado. Viam um filme na televisão e ele, com oito anos, conseguiu ler as legendas. A mãe aproveitou este momento para lhe dizer que o velhinho das barbas brancas é apenas "uma tradição" em que toda a família gostava de acreditar.

Rute até já tinha pensado contar-lhe mais perto da época festiva e por isso aproveitou o momento. "Expliquei-lhe que não lhe mentimos, mas ajudá-mo-lo a viver um sonho". Para o psicólogo José Morgado não existe uma idade ideal para deixar de acreditar no Pai Natal. Embora o especialista considere que as crianças só acreditam verdadeiramente até aos seis anos - "têm a ideia que pode ser real". "Depois disso, acho que eles já têm dúvidas, mas também gostam de acreditar que ele existe".

E não se preocupe se o seu filho acreditar até tarde. "É uma personagem afetiva e é uma coisa simpática". O psicólogo admite até que "não simpatiza com a ideia pragmática de fazer questão de tirar o encanto da personagem". Aconselhando os pais a "deixar que as crianças façam o trajeto de encanto até perceberem que é ficção".

Para manter a magia no século XXI as tecnologias são essenciais. No caso de Rute Peixinho, os últimos dois anos, foram "apimentados" com recurso à internet. "Seguíamos o tracking do Google e ele quase via as renas do Pai Natal. Ajudou-nos imenso a manter a magia".

A viagem do Pai Natal

Quem quer mostrar aos mais novos o voo do Pai Natal na noite de 24 de dezembro pode aceder à página especial do Comando Norte-Americando de Defesa Aeroespacial (NORAD, na sigla em inglês). Criada quando há 50 anos um jornal local norte-americano desafiou as crianças a ligar diretamente ao Pai Natal, mas imprimiu o número errado. As chamadas foram parar ao NORAD e daí surgiu a ideia de seguir as suas pegadas pelos céus na noite da distribuição dos presentes. A página está neste momento traduzida em oito línguas: inglês, português, francês, espanhol, alemão, italiano, japonês e chinês. O Google também lançou o seu Santa Tracker para acompanhar esta noite.

O dia-a-dia das renas

Para os mais céticos nada melhor do que uma imagem real. O site reindeer cam acompanha em direto a vida das renas que guiam o trenó. A vista privilegiada para o pátio, as visitas do Pai Natal às suas amigas e até os duendes em tempo real.

Apanhado em flagrante

Aqui está outra aplicação para quem duvida da existência do Pai Natal. Como pode o seu filho dizer que o Pai Natal não existe quando tem uma fotografia no seu telemóvel onde ele aparece no meio da vossa sala? A Krigl App ajuda-o a apanhar em flagrante o homem que entrega os presentes.

Dar música aos mais pequenos

Além de dar presentes, o Pai Natal e os seus duendes também dão música. Basta sintonizar a Rádio Polo Norte para ouvir não só as canções mais tradicionais de natal mas também as mais recentes. Pelo meio ainda respondem às chamadas dos ouvintes.

Estrela do Twitter

É verdade que o Twitter não prova a existência do Pai Natal, mas uma conta com este nome, que responde aos pedidos dos utilizadores ajuda a cimentar a sua credibilidade. Junte-se aos mais de 84 mil seguidores aqui.

Ler mais

Exclusivos