Sessenta ocorrências em pouco mais de 6 horas

O Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa contabilizou entre as 08:00 e as 14:30 desta terça-feira 60 ocorrências, a "maior parte das quais pequenas inundações" provocadas pela chuva, segundo fonte da corporação.

A mesma fonte notou que com a chuva mais forte, a partir das 13:00, houve um "acréscimo no fluxo de serviços", com inundações quer na via pública, quer no interior de habitações.

"Um pouco por toda a cidade", foi como a mesma fonte caracterizou o mapa das ocorrências, que, porém, não se compara "nem de perto, nem de longe" ao registado na segunda-feira.

Entre as 14:00 e as 15:00 de segunda-feira, a cidade de Lisboa foi afetada pela queda de chuva intensa, que provocou inundações em algumas zonas da capital, obrigando ao encerramento de uma estação de metro e impossibilitando a circulação de trânsito em alguns locais.

As zonas mais afetadas foram Benfica, São Domingos de Benfica, Praça de Espanha, Praça da Figueira, Martim Moniz, Avenida da Liberdade, Alta de Lisboa e Alcântara.

As situações mais críticas verificaram-se em Xabregas, onde um muro ruiu, e no Instituto Português de Oncologia, com registo de inundações.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.