Seis percursos de bicicleta para fazer em Lisboa

A Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta (MUBi) deixa algumas sugestões de caminhos cicláveis para experimentar na capital

Para quem está a pensar começar a usar a bicicleta pode experimentar alguns dos caminhos sugeridos ao DN pela MUBi - Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta. Esta é uma associação sem fins lucrativos formada em 2009 e que procura contribuir para a melhoria de condições de circulação em bicicleta enquanto meio de transporte e fomentar a sua utilização. Entre os percursos sugeridos estão alguns que são de lazer e outros que podem ser considerados do dia a dia.

Casa - Trabalho ou Escola

Colégio Militar/ Campo Grande (100% em ciclovia)

Olivais - Campo Pequeno (90% em ciclovia)

Casa - Trabalho ou Escola (com articulação Comboio e Giras)

Campo Grande (interface transportes) - Instituto Superior Técnico

Caís do Sodré - Saldanha

Percursos Lúdicos

Parque das Nações - Belém

Benfica - Jardins da Fundação Calouste Gulbenkian

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

O populismo entre nós

O sucesso eleitoral de movimentos e líderes populistas conservadores um pouco por todo o mundo (EUA, Brasil, Filipinas, Turquia, Itália, França, Alemanha, etc.) suscita apreensão nos países que ainda não foram contagiados pelo vírus. Em Portugal vários grupúsculos e pequenos líderes tentam aproveitar o ar dos tempos, aspirando a tornar-se os Trumps, Bolsonaros ou Salvinis lusitanos. Até prova em contrário, estas imitações de baixa qualidade parecem condenadas ao fracasso. Isso não significa, porém, que o país esteja livre de populismos da mesma espécie. Os riscos, porém, vêm de outras paragens, a mais óbvia das quais já é antiga, mas perdura por boas e más razões - o populismo territorial.