SEF identifica 49 estrangeiros em situação irregular no Algarve

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou hoje uma operação de fiscalização no concelho de Silves, Algarve, tendo identificado 49 estrangeiros em situação irregular.

A operação foi especialmente dirigida à prevenção do tráfico de pessoas para fins de exploração laboral, mas o SEF sublinha, em comunicado, que a informação recolhida "permite despistar indícios de eventual tráfico de pessoas e irregularidades no que respeita às regras de imigração vigentes".

Na ação conjunta com a Guarda Nacional Republicana (GNR) foram identificados 250 estrangeiros, 49 dos quais estavam em situação irregular.

Daqueles 49, 13 foram detidos para apresentação ao tribunal competente, 20 notificados para abandonar voluntariamente o território nacional e 16 notificados para comparência no SEF para diligências posteriores.

"Das irregularidades detetadas serão levantados autos de contraordenação a entidades empregadoras por utilização de atividade de cidadão estrangeiro em situação ilegal", cuja coima pode variar entre 2.000 e 10.000 euros, acrescenta o SEF.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.