SEF detém homem procurado pelas autoridades em Castelo Branco

O homem apresentou documentos falsos da Lituânia.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, em Castelo Branco, um homem com documentos falsos da Lituânia, procurado pelas autoridades, durante uma fiscalização que realizou a uma empresa de instalação de fibra ótica, anunciou hoje aquele organismo.

O homem, de nacionalidade estrangeira, apresentou bilhete de identidade e carta de condução falsos, segundo o SEF. "Após ter sido determinada a verdadeira identidade do indivíduo, constatou tratar-se de cidadão estrangeiro procurado para efeitos de afastamento coercivo de Portugal e no âmbito de mandado de detenção judicial", afirma o SEF em comunicado.

Presente ao Tribunal de Castelo Branco, na sexta-feira, o detido foi transportado para o centro de instalação temporária, onde ficará a aguardar o desenrolar do processo e o subsequente afastamento de território nacional, de acordo com a mesma fonte.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.