Santana Lopes admite formar novo partido

O antigo primeiro-ministro diz que quer continuar na política mas que a discordância com o PSD em certas matérias o leva a pensar na criação de um novo partido.

No seu habitual comentário de sexta-feira na TVI, Pedro santana Lopes confessou que ainda não tomou uma decisão relativamente à criação de um novo partido de centro-direita.

"Há tempos que admito e considero que é muito provável que apareçam outras realidades no centro-direita de Portugal. A ver vamos e eu estou num processo de pensamento sobre isso. Quero ser livre, gosto de ser livre. Não quero ter peias. Este é o meu estado de espírito. Não tenho a decisão tomada. Se tivesse eu dizia. Mas entendi que devia dizer isto agora", confessou Santana Lopes.

O antigo primiero-ministro afirmou que não está interessado em lugares e cansado de algumas situações no PSD. "Eu pertenço a um partido hoje em dia com o qual estou em discordância em muitas matérias. Estou farto de algumas coisas que se passam no partido, um partido existe para pensar no país", disse.

Ler mais

Exclusivos