Rio reúne-se com Assunção Cristas a 1 de março

Na segunda-feira, o novo presidente do PSD reuniu-se com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e na terça-feira com o primeiro-ministro

O novo líder do PSD, Rui Rio, vai reunir-se com a presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, a 01 de março, um encontro "que incluirá almoço", de acordo com um comunicado dos sociais-democratas.

"No seguimento de um pedido de audiência feito pelo presidente do PSD à presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, os dois líderes partidários agendaram uma reunião já para o próximo dia 01 de março, pelas 12:45, que terá lugar na sede do CDS-PP e que incluirá almoço", refere a nota à imprensa.

Rui Rio foi eleito em diretas em 13 de janeiro, com 54% dos votos, e empossado este domingo pelo 37.º Congresso Nacional do partido, no qual Assunção Cristas marcou presença na sessão de encerramento, numa delegação que incluía outros quatro dirigentes do CDS-PP.

Na segunda-feira, o novo presidente do PSD reuniu-se com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e na terça-feira com o primeiro-ministro, António Costa.

No final de ambos os encontros, Rui Rio salientou a disponibilidade dos sociais-democratas para o diálogo com os restantes partidos e admitiu "uma nova fase" nas relações com o Governo, tendo sido já designados os coordenadores do PSD para debater as áreas da descentralização, Álvaro Amaro, e do novo quadro comunitário, Manuel Castro Almeida.

No final da reunião com o chefe de Estado, o novo presidente do PSD já tinha adiantado que se iria encontrar em breve com outros líderes partidários, nomeadamente com a presidente do CDS-PP, dizendo ser uma reunião na qual "terá muito gosto".

Hoje, na Assembleia da República, o novo secretário-geral do PSD assegurou ao CDS-PP que "pode contar" com os sociais-democratas para trabalhar nos próximos dois anos para que o país possa voltar a ter uma maioria de centro-direita.

"Se o país precisa de ter ou não uma maioria de centro direita alternativa à atual governação: pode contar com o PSD, que é nesse sentido que trabalharemos nos próximos meses e durante os anos de 2018 e 2019", afirmou Barreiras Duarte, em resposta a uma questão que tinha sido colocada pelo líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Legalização da canábis, um debate sóbrio 

O debate público em Portugal sobre a legalização da canábis é frequentemente tratado com displicência. Uns arrumam rapidamente o assunto como irrelevante; outros acusam os proponentes de usarem o tema como mera bandeira política. Tais atitudes fazem pouco sentido, por dois motivos. Primeiro, a discussão sobre o enquadramento legal da canábis está hoje em curso em vários pontos do mundo, não faltando bons motivos para tal. Segundo, Portugal tem bons motivos e está em boas condições para fazer esse caminho. Resta saber se há vontade.

Premium

nuno camarneiro

É Natal, é Natal

A criança puxa a mãe pela manga na direcção do corredor dos brinquedos. - Olha, mamã! Anda por aqui, anda! A mãe resiste. - Primeiro vamos ao pão, depois logo se vê... - Mas, oh, mamã! A senhora veste roupas cansadas e sapatos com gelhas e calos, as mãos são de empregada de limpeza ou operária, o rosto é um retrato de tristeza. Olho para o cesto das compras e vejo latas de atum, um quilo de arroz e dois pacotes de leite, tudo de marca branca. A menina deixa-se levar contrariada, os olhos fixados nas cores e nos brilhos que se afastam. - Depois vamos, não vamos, mamã? - Depois logo se vê, filhinha, depois logo se vê...