Remédios para a asma mantêm comparticipação de 69%

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar por mais um mês o regime de comparticipação dos medicamentos para a asma, mantendo pelo menos até final de Novembro a ajuda de 69 por cento nestes fármacos.

Fonte oficial do Ministério da Saúde anunciou hoje à agência Lusa que foi decidido prolongar pelo menos até final do mês de Novembro a actual comparticipação.

Os doentes asmáticos já tinham manifestado a sua preocupação com a eventual redução dos apoios nos medicamentos para controlar a doença.

Também os médicos ligados ao tratamento da asma tinham mostrado receio com a eventual diminuição da comparticipação destes medicamentos de 69 por cento para 37 por cento.

Ler mais

Exclusivos