Recapturado segundo dos evadidos de Pinheiro da Cruz

O segundo de três reclusos evadidos no domingo do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz foi hoje recapturado, anunciou a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), que continua "a desenvolver esforços" para apanhar o terceiro fugitivo.

O preso hoje recapturado tem 40 anos e está condenado a uma pena de seis anos pelos crimes de furto, roubo e condução de veículo sem habilitação legal, informa ainda a DGRSP.

Um primeiro recluso, condenado à pena de dezoito anos pelo crime de homicídio, já tinha sido recapturado no domingo.

A evasão dos três homens foi comunicada à PSP e à GNR e foi mandado instaurar um processo de inquérito, a realizar pelo serviço de auditoria e inspeção, coordenado por um magistrado do Ministério Público.

A evasão ocorreu a partir dos 'pavilhões prisionais tipo', que se situam fora da zona celular da muralha e se destinam a reclusos em regime aberto, informou o estabelecimento prisional.

Dois dos homens têm 35 anos e outro 40 anos e são acusados dos crimes de furto, roubo, condução de veículo sem habilitação legal e homicídio, estando condenados a penas de seis anos, treze e dezoito anos de prisão.

Os três homens já tinham beneficiado de saídas precárias e encontravam-se a trabalhar em regime aberto. Dois deles estavam próximo do fim da pena.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.