Quintino Aires acusa Ordem de "impreparação profissional"

Conselho de Jurisdição da Ordem dos Psicólogos condenou psicólogo por declarações polémicas. Quintino Aires defende-se em carta aberta.

Depois de várias queixas de que foi e ainda é alvo junto da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e de uma condenação, Quintino Aires decidiu escrever uma carta aberta para se defender publicamente.

No documento o psicólogo acusa o Conselho de Jurisdição da OPP de "impreparação profissional". Em causa estão declarações polémicas do profissional sobre a virgindade e a violência doméstica divulgadas na comunicação social - na rádio e na televisão - que já culminaram com uma condenação de pena de repreensão registada e pena suspensa por dois anos.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos