PSP interceta grupo que assaltou carrinha de transporte de tabaco em Loures

No interior da carrinha intercetada não estavam as armas nem o tabaco roubado

A PSP intercetou um grupo que esta quarta-feira à tarde assaltou com armas uma carrinha de transporte de tabaco em Loures, disse à Lusa fonte do Comando Metropolitano de Lisboa.

Segundo a PSP, o alerta foi dado cerca das 15:30 e o grupo, que estava armado com caçadeiras, fugiu após o assalto num carro.

A mesma fonte adiantou que conseguiu localizar o carro e intercetar um dos suspeitos no bairro da Casal da Mira, na Amadora (também no distrito de Lisboa), mas no interior da viatura não estavam as armas nem o tabaco roubado.

Mais tarde, e no mesmo local, a PSP intercetou mais três suspeitos, faltando ainda localizar mais um elemento do grupo envolvido no assalto.

A fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP esclareceu que os quatro elementos do grupo ainda não foram detidos, tendo apenas os suspeitos sido intercetados.

A Polícia de Segurança Pública continua a fazer diligências no bairro do Casal da Mira, onde algumas ruas estão fechadas ao trânsito, para localizar as armas e o tabaco.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".