PSD quer explicações do Governo sobre "desfile quase indecoroso de demissões" no SEF

Deputado do PSD lembrou que o partido pede explicações sobre os problemas no SEF desde julho

O PSD considera "quase indecoroso" o "desfile de demissões" no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e insistiu hoje na audição urgente, no parlamento, da ministra da Administração Interna e da diretora demissionária.

Estamos a falar de um serviço de segurança. É fundamental que a Assembleia da República saiba e o que está por trás destas demissões

Num comentário à demissão de dois diretores adjuntos do SEF, noticiada no domingo, o deputado do PSD Luís Marques Guedes lembrou que o partido pede explicações sobre os problemas no SEF desde julho e que já insistiu na audição urgente da ministra Constança Urbano de Sousa depois da demissão da diretora do serviço, Luísa Maia Gonçalves, na quarta-feira.

"Continuamos sem resposta e assistimos na praça pública a este desfile quase indecoroso de demissões numa área que não é uma mera repartição pública. Estamos a falar de um serviço de segurança. É fundamental que a Assembleia da República saiba e o que está por trás destas demissões", disse à Lusa Marques Guedes.

Ler mais

Exclusivos