PS "lamenta e estranha" decisão do Presidente

Partido Socialista fala "em contradição" de Aníbal Cavaco Silva

Cavaco entrou "em contradição" consigo próprio ao indigitar Passos Coelho porque sempre afirmou que "não daria posse auma solução que não fosse estável e duradoura". Este foi o primeiro comentário do PS, através do deputado João Soares, à decisão presidencial hoje anunciada.

"O PS lamenta e estranha" essa decisão, afirmou João Soares, que acusou ainda o Presidente da República de "introduzir mais confusão" no xadrez político.

"Inevitavelmente Pedro Passos Coelho vai cair", afirmou o parlamentar socialista, garantindo que o PS, BE e PCP representam uma "solução estável e duradoura" de governação. Por isso, reforçou, a decisão do Presidente "é particularmente estranha".

Ler mais

Exclusivos