PS espera que "PSD e CDS-PP acabem com a guerrilha política"

João Galamba considerou hoje que "o mais importante é garantir que o acordo de recapitalização da CGD não é afetado

O PS considerou hoje que, na sequência da demissão do presidente da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues, o mais importante é salvaguardar o processo de recapitalização e esperar que "PSD e CDS-PP acabem com a guerrilha política".

Estas posições foram assumidas pelo porta-voz dos socialistas, João Galamba, numa conferência de imprensa em que assumiu que o PS sempre "desejou que as coisas tivessem corrido melhor" no processo de recapitalização do banco público.

"O PS respeita naturalmente o pedido de demissão do presidente da CGD. Mas o mais importante é garantir que o acordo de recapitalização [com as entidades europeias] não é afetado", declarou João Galamba.

Perante os jornalistas, João Galamba defendeu que a questão relativa à composição da equipa da administração da CGD e o processo de recapitalização da Caixa são "independentes".

"O que esperamos é que o novo nome [do presidente] seja indicado o mais rapidamente possível, como aliás foi dito pelo primeiro-ministro [António Costa], e o processo de recapitalização da CGD possa decorrer com a normalidade que todos esperamos. Nunca nos podemos esquecer que o ponto mais importante da Caixa foi conseguir aquilo que muitos diziam ser impossível: A manutenção da CGD na esfera pública e a sua recapitalização pelo acionista Estado", salientou o porta-voz do PS.

Interrogado sobre a sucessão de casos que, ao longo dos últimos meses, envolveram António Domingues e a sua equipa - desde salários, entrega de declarações no Tribunal Constitucional e eventual conflito de interesses -, João Galamba referiu que "o Grupo Parlamentar do PS sempre disse que gostaria que alguns aspetos deste processo tivessem corrido melhor".

Questionado se António Domingues pode queixar-se de falta de apoio político por parte do Governo, João Galamba rejeitou essa tese.

"Neste processo, que dura há vários meses, um partido empenhou-se ativamente numa lógica niilista de causar dificuldades ao país no processo de recapitalização da Caixa. Esperemos que PSD e também CDS não embarquem numa tentativa de criarem novos problemas à CGD", declarou o porta-voz do PS.

Neste contexto, João Galamba deixou ainda um repto a PSD e CDS-PP em matéria de processo de reestruturação e recapitalização da CGD.

"Se PSD e CDS-PP são genuínos em defesa da manutenção de um banco público, compreenderão então a delicadeza deste processo e a importância de que chegue a bom porto. Espero que PSD e CDS-PP valorizem isso e não se entreguem à tática de pura guerrilha partidária, que tem unicamente como objetivo dificultar o processo de recapitalização da CGD", acrescentou.

Ler mais