Preso no Linhó morto numa rixa de reclusos

Um homem de 26 anos, detido na prisão do Linhó, foi morto esta manhã numa rixa com outro recluso. Polícia Judiciária investiga crime.

De acordo com o que o DN apurou junto de fontes prisionais, o rapaz de 26 anos é português e foi morto com uma arma branca, que ainda não foi encontrada. O agressor ainda não está identificado. Uma equipa da Polícia Judiciária está a investigar o caso. No local também já esteve uma procuradora do Ministério Público.

A rixa aconteceu durante a manhã, no pátio da prisão. Os motivos são desconhecidos. O DN sabe que o recluso morto tinha uma história familiar complicada, de abandono familiar, e que não tinha relação fácil com os outros detidos.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.