PJ deteve suspeito de homicídio tentado em Santa Maria da Feira

O suspeito terá feito "uso de uma pistola de calibre 6,35 mm, que tinha escondida num bolso, e efetuou um disparo em direção ao tronco da vítima, atingindo-a na parte superior do braço"

Um homem de 57 anos, suspeito de "homicídio na forma tentada e posse de arma de fogo proibida", foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, revelou esta segunda-feira aquela força policial.

Em comunicado, a PJ esclarece que deteve "um homem pela autoria dos crimes homicídio na forma tentada, detenção de arma proibida e uso de arma sob efeito de álcool", na sequência "de desacatos registados num estabelecimento de restauração situado na área de Santa Maria da Feira".

Dois homens ficaram feridos, um dos quais atingido a tiro num braço, durante uma discussão num café em Santa Maria da Feira, disse no sábado à Lusa fonte dos Bombeiros de Lourosa, ao passo que o comando da GNR de Aveiro indicou que o caso estava a ser investigado pela PJ.

No comunicado de hoje, aquela força policial descreve que, "na sequência de agressões entre o suspeito e a vítima", o primeiro fez "uso de uma pistola de calibre 6,35 mm, que tinha escondida num bolso, e efetuou um disparo em direção ao tronco da vítima, atingindo-a na parte superior do braço".

De acordo com a PJ, o suspeito "não possuía qualquer habilitação legal para a posse da arma de fogo" e registava "elevados níveis de álcool no sangue".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...