PJ deteve suspeito de abuso sexual e agressão à namorada menor

A Polícia Judiciária de Braga deteve na zona de Arcos de Valdevez um homem de 18 anos suspeito de, ao longo dos últimos meses, abusar sexualmente e agredir uma menor de 15 anos, sua namorada

Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) refere que a investigação foi iniciada em junho, por crime de autodeterminação sexual.

No decorrer da investigação, a PJ recolheu indícios da prática dos crimes de atos sexuais com adolescentes, pornografia de menores, perseguição agravada e violência doméstica.

Segundo a PJ, a menor era também agredida "reiteradamente" pelo arguido, então seu namorado, incluindo na escola.

Por não aceitar a separação, num crescendo de atos de violência, o suspeito agrediu e perseguiu ainda a mãe da menor e outros familiares, tendo também na sua posse, e com vista à partilha informática, fotos íntimas da menor

O detido, sem ocupação profissional, vai ser apresentado às autoridades judiciárias competentes para aplicação das respetivas medidas de coação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).