Pena suspensa para advogada e oito anos para namorado

A advogada e o namorado que roubavam idosas na rua pelo método de esticão foram hoje condenados a dois anos e nove meses, com pena suspensa, e a oito anos de prisão, respetivamente.

De acordo com o acórdão do processo, lido hoje nas Varas Criminais de Lisboa, a advogada, de 38 anos, foi condenada a dois anos e nove meses de prisão, com pena suspensa, e vai sair em liberdade, depois de ter aguardado em prisão preventiva.

O namorado da advogada foi condenado a oito anos de prisão.

A advogada estava acusada pelo Ministério Público de dez roubos simples e de um furto qualificado, enquanto o seu companheiro, de 31 anos, estava a ser julgado também por dez roubos simples, por um roubo agravado e por um crime de furto qualificado.

Todos os crimes foram cometidos na capital.

Ambos os arguidos cumpriram prisão preventiva ao abrigo deste processo, desde abril, mês em que foram detidos pelas autoridades. Aquando da detenção, o homem encontrava-se em liberdade condicional.

Ler mais

Exclusivos