Pedrógão Grande: um quarto dos apoios às empresas já foi pago

Foram aprovados "apoios a 49 empresas que sofreram danos", que representam um total de investimento de 26 milhões de euros

Cerca de um quarto dos apoios aprovados às empresas afetadas pelo grande incêndio de Pedrógão Grande já foi pago, informou hoje o Ministério do Planeamento e Infraestruturas.

De acordo com o documento enviado à agência Lusa, já foram pagos 3,5 milhões de euros de um total de 15 milhões de euros de apoio a conceder às empresas afetadas pelo fogo de junho de 2017, que provocou a morte a 66 pessoas e mais de 250 feridos.

Segundo o Ministério do Planeamento e Infraestruturas, até ao momento foram aprovados "apoios a 49 empresas que sofreram danos", que representam um total de investimento de 26 milhões de euros.

Para além destas 49 empresas, estão ainda em análise oito candidaturas, "que solicitam um apoio de 1,1 milhões de euros", refere o Governo.

Pedrógão Grande apresenta 24 empresas com candidaturas aprovadas (18,8 milhões de euros de investimento), seguindo-se Figueiró dos Vinhos, com 13 empresas (1,89 milhões de euros), e Castanheira de Pera, com oito (4 milhões de euros).

No mesmo documento, em que é feito um balanço com dados reportados a 06 de junho, assinala-se que 60% (157) das 261 habitações permanentes afetadas pelo incêndio já estão reconstruídas e 38% (99) estão em execução.

"As situações mais atrasadas em termos de obra [cinco casas] resultam da dificuldade de se obter acordo entre os proprietários e as entidades financiadoras ao nível do projeto de execução e dos custos de intervenção. Verificaram-se ainda situações em que os proprietários inicialmente decidiram não solicitar a reconstrução das casas, mas que o vieram a fazer mais tarde, já no ano de 2018", explica o Ministério do Planeamento e Infraestruturas.

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, realiza hoje uma visita à região afetada por aqueles fogos e reúne-se também com os presidentes das Câmaras daquela zona.

Ler mais

Exclusivos