PAN quer outro modelo de desenvolvimento e sugere felicidade interna bruta

Deputado André Silva abre sessão comemorativa do 25 de Abril com exemplo do Reino do Butão, onde esse indicador já é utilizado

Coube ao Pessoas-Animais-Natureza (PAN) abrir esta segunda-feira a sessão comemorativa do 42.º aniversário do 25 de Abril no Parlamento e o deputado André Silva aproveitou a ocasião para sugerir que Portugal aposte num outro modelo de desenvolvimento e que adote até outros indicadores para aferir do bem-estar da população.

O parlamentar deu mesmo o exemplo do Reino do Butão para um modelo em que a "razão humana" é posta "ao serviço" de uma forma de criação mais sustentável de riqueza, também para que "os que venham depois de nós possam desfrutar de abundância e prosperidade". Pelo meio, e diante do Presidente da República e de todo o governo liderado por António Costa, André Silva sinalizou que o nosso país poderia então combinar "indicadores económicos como o PIB [produto interno bruto] com outros que aferem do bem-estar mental e emocional" da população. Traduzindo, e ainda inspirado no Butão, o índice de felicidade interna bruta (FIB).

Dizendo que "a agenda política também tem um coração", insistiu na necessidade de haver uma outra forma se relacionar com os restantes seres vivos e com a Natureza, no caminho de "uma sociedade mais justa e equitativa".

Ler mais

Exclusivos