Orçamento já está em Belém, Marcelo tem agora 20 dias para o analisar

A Assembleia da República enviou hoje o diploma do Orçamento do Estado de 2016 para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

De acordo com a Constituição, o chefe de Estado dispõe de um prazo de 20 dias, contados da receção de qualquer decreto da Assembleia da República, para promulgar o diploma ou exercer o seu direito de veto.

O Presidente da República pode ainda, se o desejar, requerer a apreciação preventiva da constitucionalidade do diploma, para o qual tem um prazo de oito dias a contar da data da receção.

A proposta de Orçamento do Estado para 2016 foi aprovada em votação final global a 16 de março, com votos favoráveis de PS, BE, PCP e PEV, a abstenção do PAN e os votos contra de PSD e CDS-PP.

Na terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa já tinha dito contar receber o diploma entre quarta-feira e hoje e que, também por esse motivo, não teria férias de Páscoa.

Exclusivos