Nova tabela da ADSE com 15 alterações entra em vigor no domingo

As mudanças eram reclamadas pelos prestadores de cuidados de saúde

A nova tabela de preços a pagar aos prestadores de cuidados de saúde aos beneficiários da ADSE, que entra em vigor no domingo, sofreu 15 alterações, as quais eram reclamadas pelos operadores privados.

Uma nota do subsistema de saúde dos funcionários públicos, enviada aos hospitais privados, a que a Lusa teve acesso, refere que a ADSE "publicou, no passado dia 01 de março de 2018, uma nova tabela cuja data de entrada em vigor será o próximo dia 1 de abril de 2018".

A ADSE reconhece que esta tabela tinha "algumas incorreções" e, perante "a necessidade de clarificar algumas das regras", incorporou alterações numa errata.

A errata em questão tem 15 pontos e abrange áreas como consultas, imagiologia, próteses, medicina dentária, radioterapia, entre outros.

As alterações agora publicadas vão ao encontro das pretensões dos operadores privados que, aquando da primeira proposta da nova tabela, puseram em causa a possibilidade de prosseguir com o acordo com a ADSE, alegando perda insustentável de valores para a sua manutenção.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.