MP acusa homem de rapto agravado e abuso sexual a menor

De acordo com a acusação, "o arguido entabulou contactos com uma jovem de 13 anos de idade através do Facebook e convenceu-a a deslocar-se da sua residência para Vagos"

O Ministério Público (MP) acusou um homem de 24 anos de um crime de rapto agravado e 12 de abuso sexual de uma menor de 13 anos de Ponte de Lima, indicou a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Em nota publicada na sua página na Internet, a PGD adianta que o MP de Aveiro imputou ainda ao suspeito a prática de "crimes de subtração de menor e detenção de arma proibida.

De acordo com a acusação, "o arguido entabulou contactos com uma jovem de 13 anos de idade através do Facebook e, a pretexto de que a amava, convenceu-a a deslocar-se da sua residência para Vagos (distrito de Aveiro), à revelia dos pais, o que esta fez no dia 03 de março, seguindo as instruções dadas pelo arguido quanto aos meios de transporte a usar".

O MP considera "que em Vagos o arguido conduziu a jovem a uma casa de residência pertença de familiares, onde a teve sob o seu domínio até ao dia 10 março, sempre encerrada na referida casa, à exceção dos breves instantes em que num desses dias lhe permitiu sair e ainda que, durante esse tempo, manteve com a jovem trato sexual".

O homem está a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub