31 janeiro 2017 às 01h04

Ministério diz que há 320 milhões para obras nas escolas

O financiamento é europeu em grande parte, as obras têm de ser feitas até 2020 para que as verbas não tenham de ser devolvidas

/img/placeholders/redacao-dn.png
Ana Maia e David Mandim
/img/placeholders/redacao-dn.png
Ana Maia e David Mandim